Do site www.jornalmexa-se.com.br

Colo exige tratamento diferenciado

Apele do colo e do pescoço tem características diferenciadas da pele do rosto, pois a quantidade de glândulas sebáceas é menor, principalmente no pescoço. Além disso, o colo tem uma tendência a hiperpigmentar (manchar) mais que o pescoço e o rosto.

Os tratamentos da pele para essa região são basicamente os mesmos utilizados para o rosto, porém com substâncias um pouco mais suaves ou com concentrações menores de ácidos ou despigmentantes, explica Orlando Sanches, esteticista e cosmetólogo.

Segundo ele, os pacientes preferem os tratamentos mais suaves e de caráter progressivo como os peelings seriados, que são aplicações semanais de ácidos combinados para tratar de cada tipo de pele, normalmente feitos em cinco etapas, uma vez por semana, em conjunto com sessões de hidratação a laser, também em cabine de estética.
O esteticista esclarece que, antes de iniciar o procedimento, o paciente passa por uma avaliação cosmetológica, na qual são desenvolvidas formulações adequadas ao perfil da pessoa e do tipo de tratamento que será executado. O paciente deve aplicar as formulações por, no mínimo, 15 dias antes de iniciar as sessões de peeling e hidratação na clínica.
O tratamento melhora a qualidade da pele, reduz linhas finas e manchas, aumenta a resistência da pele e requer uma manutenção em casa. Essa manutenção é simples, basicamente o uso de um bom hidratante com filtro solar. Contudo, Sanches ressalta que essa manutenção é absolutamente necessária. Indica-se repetir o tratamento uma vez por ano ou sob nova avaliação estética.